sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Blog Novo.

Há coisas que não são cabíveis no vago. De início, eu pensava mesmo em postar aqui tudo que escrevo. Mas acabou que o coitado se habituou a receber minha parte mais... intensa(?). Enfim, o vago é muito sério e carregado. Os textos (pseudo)literários tomaram conta do espaço, e a minha postura ficou um tanto introspectiva demais.

Que fique claro que não estou reclamando de absolutamente nada. As coisas aconteceram naturalmente (aliás, como os escritos e tudo mais nesse blog).

O novo blog tem uma função mais organizacional mesmo. Os textos lá serão um pouquinho diferentes: mais irreverentes, mais casuais, mais salpicados de alegria, mais Pracimex, mais do balacobaco, mais... Bom, vocês verão assim que eu parar de enrolar. Espero que quem acompanha o vago também acompanhe o Égua, doido! (apesar da ciência de que pode não fazer o estilo de muito freqüentador daqui, correndo o risco de desmilinguir uns corações mais sensíveis).

Que fique muitíssimo claro: eu não vou parar de escrever aqui. O próximo post será o início do Capítulo 2 daquela história sem final.

Sem mais embromation: caso queiram perder tempo lendo ironias, sarcasmos, bizarrices, palavrões, merdas, humor do pior tipo, análises destroçando o que há de mais desimportante nesse nosso mundinho repleto de gente estranhinha e desabafos de um cara neurótico puto com um monte de coisas: Égua, doido!

4 comentários:

3ernard disse...

ÉGUA DOIDO!!
Um mundinho em que as escolhas são somente interagir com seres que distingue ser de uma categoria ignorante diante do convívio de uma relidade que se estende ao nosso cotidiano.
Isso acaba deixando nos neuróticos, com uma visão de mundo pouco mais crítico.
OBS: Claro que os teus post não são críticas, mas sim uma visão que tens (pelo o que EU entendo ao ler).

Continua Tiago, tem boas ideias...


*Gostei do perfil.

Gabriela M. disse...

égua doido?
vou lá olhar...

p.s.: que foto é essa no perfil??
Oo

Tiago Júlio disse...

Foto de quando eu fui preso pela terceira vez.

M. disse...

Ah, como você é organizado! rs... eu também tento ter dois blogs, com propósitos diferentes dos seus dois.
Um deles só me permito escrever coisas leves, bonitas, que só devem ser sentidas.
O que você conhece, o Texto sem finais, eu me escancaro, me cuspo inteira, como vc diz.
Anyway, tem continuação daquela conversa que eu estava tendo, que prometi te contar dps...
Beijos!