segunda-feira, 3 de março de 2008

Quase dormindo.

É diante do nada que contemplo a imensidão que me cerca. Não, sem sentimentos, só uma sensação curiosa, diferente. Meu corpo pesa, minha cabeça pesa, meus olhos pesam, meus dedos pesam, meus pensamentos pesam, até meu coração pesa.
Até meu coração pesa, que estranho. Deve ser o sono, não consigo racionar direito, sei nem o que digito. Não sabia que ele sossegava anseios, se soubesse tomava soníferos... o que eu estou dizendo.
Sentir cansa, suga, inebria, droga, dá sono, e o sono serena, me desliga. Tenho a leve impressão de que sinto até dormindo, a solidão dos meus sonhos não me trás sossego. Hoje acordei paralisado, senti medo. Vou dormir.

2 comentários:

bernard disse...

é cara tu precisa mesmo dormi!!
as alucinações ja estão aparecendo!
Bom sono!!

Sidereus Nuncius disse...

"não consigo racionar direito, sei nem o que digito"

nota-se...mas lembre q racionar eh importante...e raciocinar mais ainda
^^
=*