domingo, 11 de janeiro de 2009

(talvez) Sobre amar.


10 comentários:

Lizzie disse...

Rir para o outro rir e se permitir ser feliz com isso é maravilhoso!
Aliás: letra bonita!


Beijocas
www.lizziepohlmann.com

'Jade. disse...

*-*

Jessica disse...

Tu não chegou e não perguntou coisa nenhuma. Tu CHEGASTE e PERGUNTASTE, égua.

Isso tudo é uma preguiça disfarçada de reescrever o texto, nééé?

Tiago Júlio disse...

Haha. Eu escrevi numa folha de papel às pressas: a idéia era passar a espontâneidade da situação, transpassar a naturalidade extintiva da escrita, ressaltar os ''coloquios'' da linguagem oralizada...

(ok, preguiça)

Tiago Júlio disse...

*espontaneidade.

Jessica disse...

Eu sei, amigo. Só estava sendo chata. :)

felipe lima disse...

particularmente, gosto e utilizo com frequência o descaso com as barreiras metalinguísticas. abusemos da licença poética.

Gabriela M. disse...

aaiinnn, que meigoo.

que frutas são essas no rodapé?//
o.O

te perdi no orkut quando deletei.
vou add de novo?

já esqueceu a confusão que criou-se?

Identidades Fragmentadas disse...

Mais uma vez, visito este canto, e saio impressionado com a capacidade que tens de juntar palavras, montar frases, e buscar fazer sentido.

Jaya disse...

Um quase amor incerto?

Sorriso é abrigo.
Que eles se misturem.

(: